Luciana e Rogério se aventurando no menage

Rafael comendo a titia

Leandro e Letícia na praia com o amante


Eu também cometi incesto com minha mae.Alias,foi minha mae que conseguiu me seduzir.Desde o inicio de 2016,minha mae estava diferente comigo.entrando no meu quarto a noite e observava seu dormia e me cobria.Num Sábado,fui dormir cedo.,Na madrugada,estava tendo um sonho erótico com mamae de toalha verde,amesma que ela usa,e eu nu ela me masturbava e me chupava até eu gozar,depois ela apertava meu penis até nao ter mais esperma.Quando acordei percebi que tinha gozado,o pau ainda duro,molhado e bem vermelho.Levantei e minha mae já tinha tomado banho e feito o café e o lanche da escola...Perguntou se eu tnha dormido bem,lembrei do sonho e disse que muito bem...Passaram alguns dias e,na quarta de futebol,tomei banho depois do jogo do CRB,pelo alagoano.Fui deitar e passados menos de 30 minutos,ouvi passos em direcao ao meu quarto, fechei os olhos e a porta do meu quarto abre-se lentamente;o cheiro suave era inconfudivel...Mamae estava sozinha comigo e logo ela tirou o lencol que me cobria e suas maos acariciavam meu corpo adolescente.Um tesao incontroável tomou conta de mim...mamae baixou minha cueca com cuido e pegou meu pau e comecou a chupar tao gostoso que dei uma gozada maravilhosa e intensa demais.Comecei ouvir gemidos baixinhos,e mamae chamava meu nome,meu filho, que tesao.Aiiiiiii,issssss, vou gozr,vou gozar...abri o mínimo os olhos,e mamae estava nua,se masturbando por mim,seu filho legítimo,e gozou fartamente.Depois me vestiu e me cubriu.Saiu do quarto naturalmente...mas agora eu sabia!!! E na sexta,uma surpresa...quando cheeguei da escola,mamae estava no banho e percebeu que eu tinha chegado;e me chamou até o banheiro e dando uma de descuidada,deixou os seios a mostra e me pediu a toalha verde,a mesma do sonho...quando fui buscar,estava envolta da calcinha e sutia...já levei com tesao...Mamae percebeu e apoveitor bem a oportunidade e me chamou pra tomar banho e eu entrei de farda e foi mamae quem tirou minha roupa,me deixando de cueca...comecou o banho,eu de pau duro e mamae de toalha...disse que a toalha estava molhando e ia tirar,eu estava de costas,mamae colocou as maos na cueca e puxou,deixando exposto minha pica duríssima que ela acariciou e punhetou lenta e delicadamente...pediu que eu ficasse de frente e observei mamae nua na minha frente enquanto ela batia uma punheta leve,pediu que eu pegasse nos peitoes duros e chupasse apertando.Depois,levou uma de minhas maos até sua buceta me ensinando a masturba-la...olhando pra mim,disse que ia gozar,e gozou duas vezes seguidas.Depois,mamae se abaixou e me chupou deliciosamente até eu dar uma dar a maior gozada de minha vida até aquele momento...nao falamos muito,mamae disse que tinha sido bom demais e queria novamente e eu também.Tomamos outros banhos até mamae me levar pra cama!!!

Enviado por Leitores - Incesto é muito difícil de resistir


Quero confessar que a um ano venho comendo minha sogra, senhora de 50 anos, academia e piscina sempre, solteirona, gostosa! Tudo começou ano passado na piscina ela me dava umas olhadas, eu percebi ja querendo chupa ela olhava tbm, foi ficando tenso, dias depois na pisicna percebi que ela passava a mão na xoxota pelo biquíni e me olhava, eu fivaca disfarçado, me pediu pra passar bronzeador nela, fui passar, qdo cheguei dentre as pernas, dei uma dedada la dentro da buceta pelo ladinho do biquini, passado isso minutos depois minha namorada saiu buscar água, ela me falou" eu senti oque vc fez" fiquei pasmo, gelei na hora, logo depois ela riu, puxando o biquini pra arrumar mostrando toda a buceta pra mim e rindo, virou se e passou, a tarde fomos pra casa, chegando em casa ela ia para o banho, mandou minha namorada na padaria, eu fiquei na sala vendo TV, logo que Amanda saiu, ela veio pelada na sala, mecheu na sua bolsa pegou algo e saiu, como que eu não tivesse ali, depois veio a cozinha, e voltou, eu estava tenso já, passou 2 ou 3 minutos ela saiu do banho e me chamou, eu fui, com medo entrei no corredor ela me atacou, se beijamos muito, ela correu na sala e chaveou a porta, fomos pro quarto dela, ela ficou de quatro, mas so chupei a buceta e o cu dela nesse dia, logo Amanda chegou, mas passados outros dias,continuamos metendo direto, e fazendo.muita safadeza, vamos sempre ao motel, ela adora foder na banheira. Confesso que to curtindo muito isso. Quando acabar vou sentir falta.

Enviado por Leitores - Eu e minha sogra


Estou vivendo dias de imensa dúvida e interrogaçoes na minha cabeça.
Na metade de dezembro, chegando em casa, fui a cozinha beber agua e na hora que passei perto do quarto de meus pais, escutei uns barulhos diferentes e achando estranho pois eu havia acabado de falar com meu pai pelo telefone e ele estava em outra cidade trabalhando, fiquei curioso de saber o que era e como tenho liberdade de fazer o que fiz, abri a porta do quarto e me deparei com minha mae totalmente nua, de pé, sendo chupada por uma amiga dela, que estava ajoelhada a sua frente.
Minha primeira reação foi voltar atrás e fechar a porta, mas fiquei paralisado e chamei a atenção delas que pararam o que estavam fazendo, na mesma hora. Eu sai do quarto e fui a cozinha.
Algusn minutos depois minha mae chegou a cozinha e eu ouvi a porta da sala sendo fechada.
Bastante envergonhada, minha mae já quase chorando me suplicou segredo e disse que foi uma fraqueza da parte dela que cedeu ao desejo da amiga, que havia lhe dito ter imensa vontade de fazer sexo oral em outra mulher.
Eu escutei suas palavras e lhe disse que eu não havia visto nada e que ela se despreocupasse, pois em verdade eu nem sabia o que falar, mas confesso que fiquei meio chocado e meio excitado. As coisas se confundiram.
Pela primeira vez eu havia visto minha mae totalmente nua e percebi que ela tem seios maduros, mas muito atraentes e uma bunda muito sexy. Dificil falar que reparei isso, mas é a verdade que me chamou muito a atenção.
De lá para cá, eu e minha mae temos tido muitas conversas a respeito daquilo e estou me convencendo que ela tem o direito de curtir o que ela quiser e ja disse a ela que ela deve trazer a amiga de volta e que é melhor dentro de casa.
Ela me diz que meu pai , nada sabe e disse que vai pensar se aceita minha sugestão.
Não acho que meu pai foi traido, porque ela estava com mulher e não vou contar nada a ele e isso eu já prometi a ela, mas não vou negar que tenho uma esperança de poder dar uns pegas na amiga dela. O que acham da idéia?

Enviado por Leitores - Vi minha mãe na cama com outra mulher!

Vanessa doida por porra

Lara e o gostosão dá academia

Natália pagando a dívida do apartamento


Confesso que vejo minha vizinhas peladas quase todos os dias. Recentemente nos mudamos para um prédio de médio porte com grande parte dos apartamentos com 01 quarto. A área de serviço de cada apartamento fica num vão, de forma que da minha área de serviço consigo ver toda as outras, estamos no primeiro andar. Já estamos morando aqui a pouco mais de dois meses, até então eu nunca havia percebido nem notado nada a respeito das vizinhas de um dos apartamentos do térreo. Sabia que era mulheres que moravam lá, mas até uns 6 dias atrás nunca nem havia olhado para ver quem morava lá. Chegava do trabalho e, procurava sempre tomar banho, jantar, computador, ficar com a esposa, filho, descansar... Um dia desses em torno de 01:00hs da manhã as minhas vizinhas do térreo chegaram fazendo muito barulho, atrapalhando a gente dormir. Um ou dois dias depois, por volta das 18:00hs, eu havia acabado de chegar do trabalho e ouvi elas conversando muito alto, então resolvi olhar, e para minha surpresa vi uma dela passando da um cômodo para outro totalmente pelada, tomei um susto, não acreditei. Já janela do nosso quarto consigo enxergar dentro da sala do apartamento delas. Não só bastava ela ter passado pelada, veio estender a toalha na área de serviço, vi tudinho, quase cai pra trás de surpresa. No dia seguinte, já vim do trabalho pensando em dar uma espiadinha, quando cheguei do trabalho, a mesma dita cuja estava no banho, só esperei um pouquinho e ela saiu e passou peladinha. Fiquei curioso pra ver a outra, e vi as duas peladinhas, sempre na hora do banho, antes e depois. Minha esposa havia dito que se tratam de mãe e filha, não sei de de fato são. São novas, uma loirinha que parece ter uns 25 anos e outra branca do cabelo preto aparentando uns 40 anos. Percebi que a loirinha gosta de ficar andando pelada por bastante tempo antes do banho. Minha esposa quase me pegou espiando, vou ter mais cautela. Na verdade nem sinto muita coisa ao ver, minha esposa é muito mais top. Mas a curiosidade faz coisa.

Enviado por Leitores - Espiando a vizinha nua


Ola tenho 22 anos, sou branca, tenho cabelo preto, bumbum grande e seios pequenos. Eu namoro, e meu namorado por vezes faz algo que adoro, ele mama meus seios do nada. As vezes estamos conversando e ele abaixa minha blusa e começa a mamar, as vezes estamos deitados, e la vem ele com a boquinha no meu seio, e por vezes acaba em sexo, outras não, quando acaba em sexo minha posição preferida tem sido por cima, porque assim posso sentar no pau dele enquanto ele mama. Os meus seios nao são grandes, mas ele diz que ama assim. Eu gosto que ele sugue meus seios, e ja percebi que ele adora mamar, por vezes ele esta deitado em meu colo, me olha com aqueles olhos verdes lindos e carinha de dó e fala "nenem quer mama" ai eu falo, "mama amor pode mama" e e ponho peito pra fora pra ele augar. Eu penso em induzir leite pra que meus seios fiquem maiores e ele possa mamar de verdade e provar o leite, mas tenho vergonha de perguntar se ele gostaria disso, não sei se ele só gosta de chupar meus seios ou se gostaria mesmo de ser amamentado. Mas é o sonho da minha vida passar a amamenta-lo com leite. Porque isso aproxima a gente de uma forma incrível, nos deixa muito intimos. A minha vontade as vezes até quando estou na rua, shopping ou parque, é por meus seio pra fora pra que meu bb grande possa mamar. A amamentação adulta devia ser visto de forma mais axeitavel. Espero conseguir me abrir logo com ele sobre esse assunto, pois nunca falamos disso é algo que começou a acontecer e deixamos assim.

Enviado por Leitores - Mamando nos meus peitinhos


Meu marido pediu várias vezes pra eu colocar piercing na ppk mas eu resistia até que de tanto ele insistir fomos em um studio em Curitiba e conversamos com o tatuador que explicou td certinho como seria e marcamos um horário ele um gostoso por sinal é marcou para as 20:00 pois antes eu e meu marido estaríamos trabalhando e assim foi chegamos no horário combinado eu toda cheirosa depiladinha como sempre com uma calcinhas fio dental minúscula que meu marido adora me ver aí ele fechou p studio e fomos pra sala onde fica a maca pediu pra eu tirar a mini saia e a calcinha pra ele ver minha ppk e qual piercing ficaria melhor nela aí pediu pra eu deitar e apoiar mais pés no apoio onde fiquei de perna aberta toda a mostra pra eles aí decidimos qual seria e eu ali toda arreganhada pra eles e ele foi mexendo em mim eu me excitando cheia de tesao não demorou e meu marido falou tá com tesao é safada, só dei um sorriso e falei não tem como não ficar neh amor e ele falou era por isso que eu ureia ver vc por o piercing pra ver vc com tesao na minha frente com outro homem nossa eu não sabia se parava tudo ou continuava mas só sorri novamente aí meu marido mesmo falou espera moço ela não pode ficar molhada assim temos que mata esse tesao dela primeiro e passou a me masturbar na frente do tatuador que não demorou e veio junto me masturbou me chupou e me penetrou com um pau delicioso ali na maca mesmo eu gozei duas vezes no pau dele e ele na minha barriga depois meu marido tbm meteu e gozou na barriga pra não ficar nada dentro aí me lavei e ele colocou o piercing que eu nem senti quase e foi isso ele nem cobrou o trabalho rsrs meu marido já falou que vamos visitar nosso novo amigo em breve tô anciosa já pra ir ver como está meu piercing!!

Enviado por Leitores - Não resisti e ele deixou


Sempre tive tesão pela minha sogra. Um mulherão. Ao lado da minha esposa, parecem irmães. Ela se separou logo que casei com sua filha e ficou com o casarão que eles moravam. Depois de uns 2 anos convenci minha esposa a morar com ela, afinal a casa era grande, 2 andares, com piscina e eu tinha um excelente relacionamento com sua mãe. Durante muito tempo fiquei só na punheta vendo minha sogra nua secretamente. Dei jeito em porta, janela, fechadura só pra consegui ve-la nua. Usava pijama sem cueca e muitas vezes fingia estar dormindo no sofá e deixava a rola sair um pouco pelo lado da perna pra ver se ela reparava. Algumas poucas vezes ela viu e ficava um tempão olhando toda nervosa. Mas o que eu queria mesmo era fazer uma coisa bem íntima, mas que não parecesse uma coisa planejada ou forçada. Demorou muito, mas em uma ocasião eu deveria buscar a minha esposa na faculdade junto com minha sogra para irmos a um aniversário. Havia acontecido um problema e apenas o chuveiro da nossa suite estava com água quente. Disse pra ela que tomaria banho primeiro, mas fiquei enrolando finjindo várias atividades. Quando não havia mais tempo, naquela correria toda, mandei pra ela "acho que vamos ter que entrar juntos no banho". Claro que falei sorrindo descontraido. A reação dela foi "Mario, que loucura!". Percebi que ela não negou e emendei "Não fala nada pra Ana, vai ser só hoje porque não vai dar tempo. Vem logo". E fui puxando ela. No banheiro, aji com naturalidade e fui tirando a roupa. Ela só me olhava. Fiquei pelado e entrei no box e abri o chuveiro. Minutos depois entra ela. Houve aquele silêncio inicial, mas em pouco tempo estávamos conversando descontraidamente. Meu pau tava em meia ereção e eu fazia um enorme esforço pra mante-lo assim. Se for contar tudo com detalhes vai ficar muito grande - na verdade já está. Não transamos, mas ensaboamosum ao outro. Peguei naqueles peitos, no seu bundão e na sua bucetona peludinha. Fiz ela gozar na siririca e ela me fez gozar na punheta. As coisas continuaram normais depois disso, com a exceção de que passei a ter menos cuidado ao comer minha esposa pela casa e meu pau pau escapole do pijama com mais "facilidade", mas minha sogra também perdeu o constragimento e ja me flagrou sem ficar nervosa, inclusive já me viu comendo sua filha na piscina e ficou um bom tempo observando.

Enviado por Leitores - Tesão pela sogra


Eu não quero julgamentos pq se tem alguém que tá me julgando muito sou eu mesma.

Tenho 34 anos, sou bissexual, tenho uma linda filha, que foi fruto de um relacionamento com um cara de sumiu do mapa, e desde então eu me relaciono mais com mulheres do que homens. Desde que ela começou a ter pelos pubianos, eu depilava toda a virilha dela com a gilette, mas isso eu considero normal. 
A uns meses atrás ficou meio estranho, nós agimos como um casal apaixonado, ela pede pra dormir comigo, em algumas noites pede pra eu dormir de conchinha com ela, agarrar bem forte e rebola a bunda na minha buceta, ela já agarrou minha mão e colocou no meio das pernas dela, quando eu estou deitada ela "brinca de cavalinho" em cima de mim, o que me deixa toda molhada de ver os peitos dela balançando praticamente na minha cara, anda nua/só de calcinha/só de blusa pela casa, se masturba na sala e geme alto (como se fosse pra eu ouvir). No computador que dividimos, vi no historico que ela pesquisa por pornô lesbico milf, e o mais bizarro veio acontecendo desde o dia de natal, que um numero desconhecido me mandou no por mensagem mais de 20 nudes dela, dia primeiro fui dar banho nela pq ela tava bebada, ela pegou minha mão e esfregou no clitoris dela dizendo que pela primeira vez ela conseguiu se depilar sozinha e me perguntou se ficou bom...
Eu amo muito minha filha, ela tem me provocado muito e eu to sentindo um tesão anormal... ela tem um corpo maravilhoso, a buceta mais linda e cheirosa que eu já vi, peitos enormes que eu tenho vontade de enfiar a cara, parece uma diabinha que me provoca demais. Só que tenho medo de estar pegando os sinais errados, de que ela não quer nada e tenho medo de seguir meu desejom fazer algo que acabe com a minha relação com meu amorzinho.

Enviado por Leitores - Minha filha me provoca


Tenho 21 anos, fiquei noiva aos 16 e aos 17 já estava casada. Com um mês de namoro tivemos a primeira relação sexual, nada demais, eu sempre tímida e ele não ousava (acho q com medo da minha reação). Pouco mais de um mês brigamos e ficamos uns dias sem nós falar, ate que um dia ele me puxou tirou minha roupa e me comeu gostoso, me arreganhou na cama e enfiava o pau sem dó, nesse dia dei na cama, no sofá, na mesa da cozinha, chupei seu pau como nunca havia chupado. Desde então ficamos maia fogosos no sexo. 
Ele sempre me pede pra comer meu cuzinho só que nunca deixei, no máximo ele passava o dedo e eu tirava.
Hoje eu estava tomando banho e ele entrou pra tomar junto comigo, acabamos na cama ele me comia com força, eu gemia gostoso, chupava seu pau, ele batia ele na minha cara, uma delicia só. Então fiquei de quatro e ele comendo minha xota, do dia com força e ia bem devagarinho, tirou o pau e começou a enfiar o dedo na minha xaninha, tava ensopada, eu gemia de prazer, ate que ele levantou e começou a pincelar seu pau no meu cuzinho quando passou a cabecinha eu gemi de prazer, quando ele enfiou o resto eu já estava louca de tesão, ele começou a me fuder devagarinho e depois cada vez mais forte eu tremia de prazer, não senti nenhuma dor, tava uma delicia gemia demais ate que ele gozou dentro do meu cu. Foi o melhor sexo da minha vida. Estou ecitada ate agora, doida para repetir a dose, não consigo parar de pensar naquele cacete no meu cu.

Enviado por Leitores - Dando o cu pro marido


Bom a maioria aqui acha que só é postado aqui contos imaginários mas isso aconteceu comigo mesmo nessa virada de ano onde meu marido que sempre fantasiou outro homem me fodendo em nossas transas acabou me liberando pro cunhado dele que é casado com uma de suas irmãs a qual foi ao banheiro quando seu pau entrou em mim pela primeira vez na areia da praia no meio da multidão dançando e curtindo o show, eu estava com um plug na bundinha que meu marido pediu pra eu ir ele já tinha pensado em tudo ai ele mesmo tirou meu plug e falou pra aproveitar ai meu o cunhado veio dançando e ergueu minha sainha e senti seu pau já duro entre minhas pernas alisando minha bunda e logo encaixando na portinha do meu cuzinho que já estava abertinho do plug ai meu marido virou de costas pra mim e empurrou eu pra trás e seu cunhado gostoso empurrou pra frente seu pau entrando no meu cuzinho bem gostoso nossa que delicia de pau deu umas bombadas e meu marido alisando minha bucetinha com os dedos fiquei com muito tesão logo o cunhado tirou da bundinha e colocou na bucetinha enfiou três vezes me puxando pela cintura ai tirou e falou no meu ouvido abaixa como se fosse pegar algo no chao e sente o gosto desse pau com sua bucetinha, abaixei na hora e coloquei na boca senti meu gostinho que tinha focado no pau dele mas não entrou tudo na boca foi só pra sentir o gostinho e já levantei e logo a mulher dele voltou e ficou nisso, então depois já na madrugada fomos pra casa que alugamos todos juntos e nos estávamos no mesmo quarto pra ajudar e como eles já tinham combinado a sacanagem ele deu muita bebida pra mulher dele que não aguentou e desmaiou de bêbada antes de entrar no carro ai chegamos em casa eles levaram ela pro quarto deixaram ela apagar de vez na cama dele e ele veio pra minha cama onde me comeu gostoso junto com meu marido, quero ele mais vezes entrando em mim meu marido falou que vai ser como eu quiser adorei iniciar o ano novo assim espero que seja assim o ano todo, bom foi isso, comentem...

Enviado por Leitores - Liberada pro cunhado na virada


Não vou revelar minha pessoa , portanto vou me denominar de Matheus . 
Tenho 22 anos , branco , bonito e gostoso .. Eu tenho o dote mediano , 16 cm e grosso .. Mas isso não tira meus pensamentos de querer uma mulher que aceite me fazer de corno , dar pra quem quiser claro no sigilo e na minha frente . 
Já abri esse meu lado obscuro pra algumas mulheres , todas me acharam louco ou com problemas .. enfim , fazer oq se gostaria de ver um macho dotado fodendo bem gostoso minha namorada .. ficaria de joelhos pra ser humilhado pelos dois .. Sou submisso e adoraria isso .
Daonde veio esse fetiche ? 
Quando eu tinha 14 anos , saia com uma mulher de 26 anos .. a Rafaela (nome ficticio) , ela me dominava , eu era um tremendo capaxo , limpava seus pés, raspava sua vagina , dava banho , fazia comida , limpava a casa .. um dia ela me disse que queria me fazer de corno .. e eu não conhecia esse meu.lado .. recusei na hora .. então ela me disse que jamais eu a teria .. ela brigou comigo e me expulsou de sua casa .. no dia seguinte ela me enviou um vídeo , dando pra tres negoes, com mais de 20 cm de rola certeza.
Ela me chamava de corno o tempo todo e dizia que eu nasci pra ser um submisso calado .. fiquei abismado , mas bati 3 punhetas me deliciando com 20 minutos de vídeo , vendo o amor da minha vida ser esfolado 
Por vergonha , medo , insegurança e covardia não procurei mais ela .. Soube que ela está com um submisso agora , devem ser muito felizes .. e eu sou um inútil , pq tentei relacionamento baunilha .. Mas sei que nasci pra ser corno 
Quem sabe um dia nao encontre uma rainha que me faça muito chifrudo e feliz !

Enviado por Leitores - Descobri que sou um grande corno!


Sempre fui safada e descarada, mas essa noite, me superei.
Reunimos em nossa casa de praia, vários amigos e familiares e dentro da festa e bebedeira rolando, fui assediada por um primo e um amigo e acabei dando para os dois.
Por volta das 3 da manha, me marido super alcoolizado, desmaiou na cama e eu continuei com algumas pessoas, mas sendo dona da casa, esperei para que fossem dormir, mas quando vi só os dois que já citei, ficaram e estavam super espertos, mas me assediando na cara-dura e eu já com vontade, não me fiz de rogada e deixei eles fazerem de tudo.
Chupei os dois, fui penetrada e fiz anal.....sexo completo...safado...gostoso...sem miséria, como eu precisava a muito tempo.
Começei o ano com o pé direito e espero fazer muito mais coisas assim.
Beijos a todos e a todas as gostosas desse Brasil e feliz ano-novo!

Enviado por Leitores - Meu marido dormindo e eu...


Gente, tenho que confessar uma coisa, transei com meu sobrinho. Não me orgulho, mas também não me arrependo. Desde quando ele era pequeno sempre achei que ele me olhava de uma forma diferente, mas nada que tornasse nossa relação "estranha". O tempo foi passando e ele ficou diferente; minha irmã se divorciou e ele cresceu sem ver o pai muitas vezes, se tornou um pouco agressivo e soube já teve passagem pela polícia... eu não sei porquê, mas eu me senti muuito atraída por ele rs parece que o jogo virou... aí semana passada ele me chama no zap pedindo pra passar a noite na minha casa, que tinha sido expulso da casa da mãe e tal, resolvi deixar, pois achei que uma noite não ia fazer mal, e fez muito bem! kkkkkk ;) quando chegou na minha casa, tomei um susto! O menino tinha crescido, tava musculoso e tinha os dois braços, cheios de tatuagens... deve ser por isso que a mãe jogou ele pra fora... Parecia um delinquente! Ele me fez lembrar do meu antigo namorado de faculdade: rebelde, inconsequente e muito gostoso !! Disse que ele pode dormir no sofá essa noite, e fui tomar banho. No chuveiro, comecei a me masturbar-não vou negar, gosto muito disso-e não percebi que ele estava me olhando pela porta! Dei um grito muito alto, fiquei assustada! O pior é que acabei gozando!! MEU DEUS QUE VERGONHA Ele começou a se desculpar, mas quando olhei pra baixo vi que seu pau estava duro, fazendo muito volume na calça... essa situação foi muito estranha, não sabia o que fazer. ele então apertou seios e falou "eu sei que você quer", sem alegorias. é como se ele tivesse entrado na minha mente e descoberto meus desejos mais obscuros. Ele então meu deu um beijo apaixonado, minha nossa foi intenso. Eu me abaixei e paguei um boquete pra ele, não consegui botar tudo na boca pq era muito grande... enquanto eu pagava pra ele, batia no meu rosto, doia mas era muito bom. ele terminou de me comer no chão, me botou de 4 e me comeu gostoso... depois galou na minha cara! Me deu um tapa, disse boa noite e foi pro sofá. Eu nunca fiquei tão excitada como naquela noite pelos ultimos 10 anos, com certeza, eu sei que foi errado mas porra! é errado ser feliz? Fingimos que não aconteceu nada no outro dia e ele foi embora, depois ainda mandei um convite pra ele pra quando quiser voltar.

Enviado por Leitores - Transei com meu sobrinho!!!


Sempre tive uma queda por minha professora do ensino médio, a Thamyres. Bom, começamos pelo whatsapp e marcamos um encontro em sua casa. Chegou o dia e ficamos conversando dentro do meu carro. Papo vai papo vem e nos beijamos. Começamos a nos acariciar e marcamos de nos ver na semana seguinte.

Fui a sua casa, antes havia pedido a ela que ficasse sem calcinha e com um batom vermelho, assim foi feito. Começamos a nos beijar, chupei sua língua, pescoço e seios. Ela começou a chupar meu pau e pedir que eu enfiasse tudo nela. Antes dei uma bela chupada em sua buceta e depois finalmente trepamos igual a animais. De 4, 69, papai e mamãe... Terminei de fude-la e fui embora. Ainda hoje, mesmo ela dizendo que não, sei que quer que eu enfie meu pau em cada buraco do seu corpo.

Enviado por Leitores - Comi minha ex professora


Confesso que hoje a noite, depois da passagem de ano, eu e minha prima vamos dar para o irmão dela.
Tenho 23 anos, sou de Vitória e estou em Floripa na casa de uma tia, junto com minha prima, mas o irmão dela mora com o pai em Jurerê Internacional e lá vamos passar o ano. Minha tia não vai porque é casa do ex-marido dela.
Já faz um tempo tenho um tesão recolhido em dar para esse primo e contei isso para a irmã dele e choquei quando ela disse que de vez em quando eles ficavam, apesar de serem irmãos ( ela tem 25 e ele 29) e me disse que se eu quisesse ela falaria com ele para dizer o que eu queria e me daria a resposta.
Ontem eles se encontraram e ela retornou dizendo que estava tudo combinadissimo e que por volta das 2 da manha, sairemos dizendo que vamos a uma balada, mas iremos para uma outra casa que ele arrumou emprestado, para a gente ficar a vontade. Estou super ansiosa; com o coração batendo a mil e acho que só de ver os dois se pegarem vai me fazer ter uma excitação louca, pois não vou negar que essas coisas mais proibidas me deixam tarada demais.
Feliz Ano novo para todos!

Enviado por Leitores - Primas e primo!


Ola meu nome e alex, a muito tempo tenho a fantazia de ver minha esposa com outro quando transamoa colocamos sempre mais uma pessoas no meio, minha esposa e branca cabelos preto adora malhar buceta rosadinha mais seios grandea e corpo sarado, eu coloquei ate anúncio nesses sitea procurando um amigo pra fude la e eu ficar olhando mais ainda não rolou, sendo assim uma vez fomos pro sitio eu ela e a familia passar um final do ano chegamos todos juntos e foi aquele alegria o cunhado da minha esposa casado com a irmã dela no qual vou dar o nome de Marcelo conhecia muito bem o sítio sendo assim logo foi querendo me mostrar o sítio, caminhamos por um bom período, até que em certo momento deu a vontade me mijar...
Ele e um cara branco meio loiro, malhado e tatuado...
Quando ele foi pro canto atras de um pé de laranja ele tirou aquela vara de dentro do short, grande e da cabeça rosada na hora imaginei ele fudendo a minha sabrina imaginei o saco rosado batendo na porta da xana dela e me deu muito tesão mais no sitio não rolou nada apenas numa cachoeira que minha esposa ficou de bikini e ele xe olho..
Fomos embora depois de um certo tempo eu transando com minha esposa comecei a falar com ela sobre outros homens e tal ate que surgiu a ideia de falar do pau dele pra ela, comecei a fazer o meio de campo e falar que tinha visto varios amigos nus e tal, ai disse a ela e por sinal até num sítio que já fomos eu vi um conhecido com o pau pra fora...
Nisso ela na curiosidade perguntou e insistiu e saber quem ele era afinal ela ja estava toda lubrificada quando eu estava socando falei pra ela da situação e ela foi logo querendeo saber o tamanho da vara na hora que eu contei ela ficou mais excitada..me dando um tesão danado eu pedia ela pra falar o nome dele e imaginando ele fundendo ela ai ela falou vai marcelo me come me regassa nossa essa hora gozei como um louco na xoxota dela...
Até hoje estou tentando algo pra que as coisas role naturalmente e eu consiga ver ele castigando ela como ele deve castigar sua irmãzinha...

Enviado por Leitores - Quero ver meu concunhado trepando com minha esposa


Chegamos da praia ela toda bronzeada, no outro dia ela falou já
que está de férias poderia me levar na consulta, respondi tudo bem, o médico
era alto e forte, logo ele pediu para ela se trocar que era necessário examina-la, pensei, neste momento ela é dele para tocar em sua intimidades, já fazia uma semana que não me dava por causa do exame, a buceta dela deveria estar exitada, logo, ela deitou-se com as pernas abertas , ele se aproximou olhando aquela buceta com a marca do biquini e começou tocar em suas partes intimas, apalpando sua barriga e pude ver ele penetrando o dedo na buceta dela ,algo que eu nunca tinha visto antes, outro homem na buceta dela, acabei ficando de pau duro e quase gozei, a noite em casa ela não queria me dar, alegando que estava com
a buceta ardendo na hora que ele abriu com o espéculo.

Enviado por Leitores - Esposa na consulta


Ele entrou na sala , eu já o conhecia da minha antiga escola .
Nunca fui com a cara dele , porém nos aproximarmos .
Contei pra ele sobre o que eu passava com meu namorado e ele me aconselhava , eu contava sobre minhas transa , e ele começou a jogar indiretas que eu era uma "garota desejável pela escola inteira" .
Alguns meses se passaram terminei meu namorado. 
Nos dois conversamos o dia inteiro na escola e por mensagens também , conversamos sobre tudo !
Passou um tempo que ele jogou a real que gostaria de fica comigo , e eu senti uma atração por ele e decidi que iriamos ficar.
Em uma Quarta feira, depois da aula , saímos da escola e diretamente fomos a uma rua completamente deserta , começamos nos beijos e não resisti , peguei em seu pênis por fora da calça ! 
Era macio e grosso , estava louca pra sentir aquele membro grande e grosso dentro de mim ! 
Combinamos de nos ver na sexta feira , e fomos direto pra casa de um primo dele , conversamos , fumamos pra relaxar e se beijamos.
Ele me jogou na cama , tirou minha blusa e minha calça , tirei a blusa dele é ele estava por cima me beijando . Eu estava tímida com desejo mais tímida , eu dizia que estava com vergonha mais ele me fazia relaxar .
Tirou minha calcinha e se deliciou , chupou meu clitóris todinho , se lambusou , enfiou os dedos em minha vagina , me fazendo gritaa de prazer .
Logo após pegou meu cabelo rente a nunca , me colocou de quatro e senti aquele pau quente e grosso em minha bunda , ele colocou seu membro em mim , estava tão bom , ele fez movimento de Vai e vem várias vezes até nos gozarmos .
Foi uma bela tarde de sexta feira e vira muita mais !

Enviado por Leitores - Transei com Meu colega de classe

Priscila e irmãozinho tarado

Suzana e Karlos pagando a dívida

Carla


Chupetinha no estacionamento com o casal desconhecido. 
Consegui um trabalho de promoter num grande restaurante aqui da minha cidade, era um trabalho muito minucioso, pois lidava com as mais diferentes pessoas e personalidades. Um dia mais tranquilo percebi que no estacionamento tinha um carro com um casal namorando, olhei para o segurança que estava tranquilo e como o local do estacionamento é bem seguro caminhei até o carro para solicitar que se retirassem, pois o local era restrito aos clientes do restaurante. Quando estava chegando percebi que a moça estava fazendo um boquete para o rapaz que estava com o banco reclinado e com os olhos fechados. Pensei em voltar e chamar pelo segurança, mas acabei chegando perto do carro e observei que ela chupava gulosamente. Bati na janela dela e quando ela tirou a boca do pinto dele me surpreendi com o tamanho da piroca dele, era algo monstruoso. Sem perder a compostura ela abriu um pouco o vidro e se desculpando me ofereceu para ajuda-la na empreitada. Fiquei surpresa, mas não conseguia tirar os olhos daquela piroca. Então não sei de onde tirei tanta coragem e audácia, dei a volta no carro, abri a porta do lado do motorista, isso tudo sendo observado tanto pelo rapaz como pela moça, segurei no seu pinto, me ajoelhei como pude do seu lado e colei minha boca naquela piroca que no momento era meu desejo. Era realmente surpreendente o tamanho daquilo, pra se ter uma ideia não cabia na minha boca, agasalhei sua cabeça, já molhadinha pela chupeta que a outra estava fazendo e sorvi com vontade. Chupava sua cabecinha, descia pelo corpo da sua piroca, apertava seus culhões, e voltava a tentar enfiar sua piroca na minha boca, quando senti ele se estremecer e seu corpo se retesar, me atinei e engoli o máximo que pude sua cabeça, fiz uma sucção bem forte e senti ele se despejando dentro da minha boca. Fiquei ali sentindo seus espasmos se acalmarem, lambi o que tinha escorrido pelos lados e dando um beijinho na cabecinha, lambi os lábios, encarei a moça e agradecendo me levantei e sai dali com um leve cheiro de gozo na boca, que persistiu a noite toda. Com certeza eles não esperavam por essa reação minha e pra dizer a verdade, nem eu.

Enviado por Leitores - Chupetinha no estacionamento com o casal desconhecido


Me chamo Selma, sou casada com um homem muito bom, trabalhador, mas que tem um pau muito pequeno e fino. Não sinto mais prazer com ele. Tenho 53 anos e ele 65, e fazia uns 10 anos que eu nem me lembrava o que era gozar gostoso. Não me casei virgem pois tive alguns namorados que me comeram e me realizaram. Tive um caso antes de me casar com o Orlando um funcionário da Prefeitura que me encantou com um cacete gigante e me arrombou o cuzinho tb. Porém, religiosa e honesta, me casei e fui fiel muito tempo. Há uns 3 meses tive uma alergia perto da buceta e tive de procurar um médico. Cheguei no consultório e o Dr. Walter me atendeu com o respeito de sempre. Porémse desculpou e disse que tinha de sair mais cedo e que o sócio dele, o Dr. Renan, cuidaria de mim. O Dr. Renan é um mulato lindo, 1,85 e tb muito atencioso. Fui à sua sala e ele me pediu pra tirar a roupa e colocar aquele aventalzinho que não cobre nada. Sou uma coroa que ainda tem seus encantos. Ruiva, 1,70, 59 kg, bundão bem branco e duro, coxas roliças, seios fartos e uma buceta cor de rosa com um grelo bem avantajado. Quando me deitei, com as pernas abertas para o exame, o dr. Renan examinou e me disse que a alergia poderia ter como causa o tipo de calcinha que eu usava e descartou qualquer coisa grave. Me perguntou se poderia fazer um exame ginecológico cxompleto e eu concordei. Dedos na buceta, dedinho no cu, e minha xoxota ficou ensopada de tesão, soltei até um gemidinho involuntário. Fiquei vermelha de vergonha e comecei a chorar. Disse que há muito tempo não sentia um orgasmo e que havia ficado excitada e envergonhada. Ele me perguntou se podia me proporcionar um orgasmo. Eu fiquei mais excitada ainda e pedi pra olhar e tocar o cacete dele. Ele tirou devagar e eu vi uma bela rola grande e grossa, sem pelos. Ele deixou eu pegar, chupar e depois sentou no meio das minhas pernas e chupou deliciosamente minha buceta enquanto dedava meu cu. Fiquei louca. Em 1 minuto estava gozando e gemendo e ele imediatamente já estava enfiando aquele pintão na minha buça. Gozei muito, muito e muito. Estou dando direto pra ele inclusive o cuzinho. Estou feliz e às fico um pouco triste, pela culpa de trair meu marido.

Enviado por Leitores - Dei pro meu médico


Boa noite, sou da zona leste de SP.
Hoje precisei ir à Lapa buscar algumas coisas, quem tem passado calor nos últimos dias sabe como tem sido difícil dormir, enfim estava cansado e indo cedo; ao chegar na estação guaianazes entrei no vagão e segundos depois veio uma moça morena, linda, rostinho lindo, corpo bonito e bem gostoso confesso, naquele momento o trem ainda estava folgado e ela ficou de frente para mim apoiada na porta. Uma estação depois o trem já encheu e ela veio para mais perto; sou alto tenho 1,83 e ela deve ter entre 1,65-1,70, então minha visão era bem gostosa, ela mais próxima e aquele decote bem na minha vista, seios bem volumosos, imagino bem gostosos de beijar; ela parecia não se importar já que usava o celular, dado certo momento ela notou que eu não tirava meus olhos do seios e deu uma leve ajeitava na roupa; do meu ponto de vista eles ficaram mais à mostra hehe, notei que ela me encarou, eu que já estava com tesão mas me controlando para o volume não aparecer, relaxei e fiquei bem duro, fiz ajeitar o celular no bolso mas ajeitei mesmo foi o pau kkkk.
Me mantive no lugar e não ousei nada, estação seguinte a coisa mudou e pra melhor; mais pessoas entraram e ela se viu a tomar uma decisão, talvez ser encoxada por outro, ou virar para mim e ficar "protegida"; não deu outra, ela virou, se ajeitou e se manteve com o braço onde estava sua bolsa na barra, celular na mão, porém com aquela linda e empinada bunda voltada pra mim, me aproveitei do sacode do trem e colei nela, ela relaxou e pude ver que ela sorriu, adorei, estava no melhor lugar daquele vagão, meu destino era a Luz e por mais sortudo que fui o dela tbm, as pessoas foram entrando e saindo e nós dois ali, pareceu pra quem entrou depois que eramos namorados ou algo...
Eu muito duro, de bermuda "surfista"; roçando com muito gosto meu pau naquela bunda linda,hora pra lá, hora pra cá, de acordo com o balançar do trem. minha vontade era de descer minha mão e tocar, alisar e dar uma bela pegada nela, sentir como era macia, mas por eu ser alto e ela baixa, daria muito na cara...me mantive ali atrás...FIRME kkkkk; eu notei claro que ela adorou ser encoxada, desde que ela notou eu olhando seus seios ela curtiu e começou a se divertir tbm, por varias vezes ela empinava a bunda, forçava pra trás para que meu pau encaixasse na sua bunda e o melhor; um único momento ela levou sua mão pra trás e alisou meu membro, ajeitando ele para que ficasse todo pra cima... Adorei claro pena não poder retribuir o carinho.
Ao descermos na Luz, deixei com ela meu cartão( quem sabe ela me liga e nos tornamos amigos).
E é isso galera, minha aventura do dia, encoxar/ser encoxada é isso, uma diversão, uma aventura para passar o tempo... Sei que tem muitas mulheres que adoram, leio relatos diários aqui, mas não são todas, nós homens temos de ter atenção e ler "entre linhas" se a mulher está afim ou não; pois ninguém sai de casa querendo ir parar no DP por conta de assédio!

vou deixar meu email pra quem quiser trocar relatos e conversar.

comedordecasada@hotmail.com

Enviado por Leitores - Encoxada no trem


Um dia eu e minha irmã estava limpando a casa, fomos lavar a calçada e uma hora ela ficou de quatro e meu cachorro um pastor alemão chamado Thor, foi e subiu em cima dela e tentava tipo meter nela, minha irmã ficou pedindo ajuda pra tirar meu cachorro de cima dela, aquela cena me deixou muito excitado e comecei a olhar minha irmã com muito tesão, depois dentro de casa ela foi limpar o tapete da sala e ficou de quatro novamente, ela estava com um shortinho muito curto, lembrei do Thor meu cachorro, em um momento de safadeza subi em cima da minha irmã imitando o que meu cachorro fez, ela falava pra parar e tentava se livrar de mim andando de quatro pra frente, pediu pra parar que ela precisava acabar logo a faxina porque queria ir na casa de uma amiga, e a mãe só autorizou quando ela terminasse a limpeza, então fiz uma proposta pra ela que eu terminaria de limpar a casa pra ela, se ela brincasse de cachorrinho comigo, ela ficou pensando e perguntou como seria a brincadeira, expliquei que ela teria que ficar de quatro igual estava e eu seria o Thor e faria igual ele tinha feito quando ela estava lavando a calçada, primeiro momento ela não queria aceitar, mas insisti muito até que ela aceitou , mas falou que eu teria que limpar a casa toda pra ela, então pedi pra ela voltar na posição de quatro, eu lati tipo cachorro e falei pra ela entrar na brincadeira e latir também, comecei a rodear ela como os cachorros fazem e subi em cima de novo, meu pau estava latejando de duro, fazia movimentos como estivesse metendo, meu pau roçava a bundinha dela, estava uma delícia e gozei gostoso esfregando na minha irmã, agora todo dia quando ela me pede algo pra fazer pra ela, peço pra brincar de cachorrinho em troca, ela não é tão inocente e sabe qual o motivo da brincadeira, fica se fazendo pra aceitar, depois de ficar insistindo ela sempre aceita.


Enviado por Leitores - Brincando de cachorro com minha irmã


Quero confessar algo que pode parecer um tanto surreal, mas que eu adoro.
Tenho 29 anos, sou casada há 3 anos, tenho um marido gostoso e tesudo, mas meu grande tesão é outro, já faz aproximadamente 1 ano e meio.
Somos bem financeiramente, ele tem uma empresa que vai muito bem e, quando casamos, viemos morar em uma casa, bem localizada e bem grande, em vez de apartamento. Eu sou dona de casa, pois meu marido não quer que eu trabalhe. Com a aquisição da casa, fomos obrigados a ter um cão de grande porte, para melhorar nossa proteção. Foi aí que tudo começou. Compramos um boxer, que era filhote, 2 anos e meio atrás... Hoje, é um cão grande, bravo com estranhos, mas muito amoroso comigo. Muito amoroso mesmo. Ele se chama Thor.
Sempre tratei o Thor com muito carinho, brincando com ele, fazendo afagos, dando comida, banho, etc... Foi num dia, quando ele já tinha quase 1 ano, que fui limpar o seu canil, que ele me tratou como a fêmea dele pela primeira vez.
Bem, eu não costumo andar com muita roupa dentro de casa, pois gosto de me sentir à vontade. Naquela manhã, estava apenas com um shortinho de pijama, bem curtinho e folgadinho. Eu e meu marido tínhamos transado durante a madrugada e eu ainda escorria seu leitinho... Ao me abaixar para pegar a vasilha de água, o Thor me deu uma lambida por entre as pernas. Foi tão rápido e inesperado, que assustei, mas gostei da língua dele bem ali, onde horas antes um pau entrou bem fundo. Acho que foi pelo cheiro que estava. Não deixei por menos. dei uma abaixada, arrebitando minha bunda para ele, que lambeu e lambeu e lambeu. Notei que o pau do meu cão estava grande e já pulava para fora, ficando exposto para mim. 
Foi neste momento que me veio a idéia de tê-lo dentro de mim e executei meu desejo surgido naquele instante. Tirei meu shortinho e me coloquei de 4, bem abertinha para que ele pudesse vir com tudo (ele ainda era virgem e eu usei o instinto animal dele). No mesmo momento, Thor subiu em minhas costas e me agarrou firme, já com movimentos de cópula, violentos e muito certeiros, colocando aquele cacetão enorme e duro dentro da minha bucetinha, nunca antes penetrada por alguém diferente do meu marido e um namorado anterior que tive. Senti aquele pauzão entrando bem fundo, chegando a doer no início, mas se acomodando lá dentro em seguida. Senti algo crescendo rapidamente dentro de mim e fazendo uma pressão enorme na minha buceta. Não me lembrei que havia aquele nó, que incha e faz com que o animal fique atrelado à fêmea, mas adorei a idéia dele pulsando dentro de mim... Gozei só de pensar em estar violando a moral e os bons costumes. Ficamos ali, engatados, curtindo um ao outro, por uns 5 minutos, até que sua rola saiu e ele começou a lambê-la. Estava ainda muito grande. Pensei como pude aguentar algo assim dentro do meu buraquinho.
Com mais uns 10 minutos, lá estava eu novamente com tesão pelo meu tesudo animalzinho querido. Chamei e ele veio, todo alegre, mas agora eu queria algo diferente. Queria ele no meu rabo, até então penetrado só pelo meu amado esposo e por poucas vezes. Estava decidida e queria receber meu macho de novo em minhas entranhas.
Outra vez me coloquei de 4, mas agora direcionando a rola para meu cu, que estava piscando e sedento por muito sexo. Meu desejo era poder ficar engatada a ele durante um tempo e gozar tocando uma siririquinha bem gostosa. Novamente, senti seu pau entrando bem fundo, mas desta vez, me rasgando e me arrombando inteirinha. De novo ele bombava forte, ao tradicional modo dos animais, empurrando fundo e colocando seu nó dentro do meu rabo, que se alargou todo para recebê-lo completamente. Não demorou para que ficássemos engatados de novo. Doía bastante, mas o prazer era imenso, me fazendo gozar como raramente sinto. Peguei um espelho e fui observar como estava... Aquele pau havia sumido por inteiro dentro do meu cu. Demoramos quase 10 minutos para nos soltarmos. Daí fui tomar um banho, para retirar de mim aquele perfume vindo do tesão de nosso sexo. Terminei meu banho e me deitei, exausta que estava por tanto prazer. Adormeci e acordei já próximo da hora do meu outro macho retornar da empresa. E não é que ele chegou doido para me comer o cuzinho? Fizemos amor muito gostoso, mas eu não estava com muita vontade. Mesmo assim, fiquei mentalizando o ocorrido e gozamos muito. Dei meu cu e minha xoxota para dois gostosos em um só dia. Fiquei me sentindo uma vadia da mais alta qualidade. Rsss
Desde então, tenho tido relações com meu cão e também com meu marido. O sexo com meu amor até melhorou após eu me entregar ao meu fiel cãozinho, Thor.
Não me sinto culpada, somente mais feliz e realizada. Sou uma mulher que tem dois tesudos ao meu inteiro dispor.

Enviado por Leitores - Adoro dar pro meu cão


Quando junta eu e minha sogra pra beber agente se diverte , tanto eu quanto ela se solta , minha esposa trabalha ate as 22 hrs da noite , eu saiu as 19hrs , e vou pra casa dela pra depois buscar ela , e as vezes eu sempre levo umas garrafas de cerveja , nos poe um som e fica na área do fundo fumando cigarro, bebendo e ouvindo música , quando da um grau agente ja começa a dançar kkkkkkk , minha sogra e morena , cabelo longos quase na bunda , magra , com as pernas lindas , com 46 anos (mas nao parece) deve medir uns 1.85m um pouco alta . E ela tem um gingado perfeito , dança de tudo , samba , funk , pop , hip hop sensualizano , ela ja fez aulas e tal... 
e ontem foi o dia q mais vi ela dançando , nos ja um pouco bêbados começamos dançar sertanejo , dançamos vários músicas na quele amassos do arrocha kkkkk mas quando acabou a música e começou um funk ai eu fiquei de cara , ela empurrou eu no sofazinho da área , veio rebolando tipo cavalgando , mais sem relar no meu pau , eu ficava louco pra ela senta , ela pirracava abaixando quando ia encoxa ela ja subia , dava uma raiva kkkkk teve uma hora que eu puis a mao na bunda dela e dei uma bombada nela , pelo short e claro , ela pressionou contra meu pau , segurou minha mao pra cima , fez aquele som na boca um "ushhhhh" sei lá ... e falou não faz mais isso , e riu kkkkk ela sento no meu pau e virou de costa , e levanto , eu falei Minha sogra vc quer matar eu do coração , kkkkk ela falou me respeita menino só estamos dançando , eu falei , opaa , se você quiser treinar essa dança todo dia kkkkkkkk , e fiquei lá com pau duro que nem pedra , fui banhar , bati uma pra passa aquele tesão , gosei um monte , pensando nela , ela pela idade dela tem uma disposição quente , dançando imagina metendo , só de imagina fico da quele jeito kkkkk

Enviado por Leitores - Se divertindo com a sogra


Nossa empregada tem 22 anos e é muito linda e tem um corpo de causar inveja, meu marido sempre olha disfarçado pra bunda dela e eu finjo que não vejo. Na semana passada eu flagrei ele cantando ela mas fiquei escondida sem que eles me vissem, ela aceitou a cantada dele e quando os dois já estavam se beijando eu me apresentei calmamente e disse que seria bom se nós três fizesse uma transa juntos, nossa ela ficou meio sem graça, mas eu passei a mão na sua bucetinha e ela relaxou, foi então que nós duas caímos de boca no pau do meu marido e chupamos bastante, foi quando eu pedi pra ele comer nós duas, naquele instante a bucetinha da empregada já estava toda molhadinha, eu não resisti e abri bem as pernas dela e caí de boca naquela xoxotinha e chupei por uns 15 minutos, enquanto isso meu marido socava sua pica no meu rabo e eu rebolava no seu cacete. Depois ele pediu pra comer a nossa empregada, ela se deitou na cama e ele plantou a rola na buceta dela, enquanto ela gemia de tesão eu sentei com a minha buceta na boca dela que me chupava igual uma louca. Ficamos nessa farra por umas duas horas, foi muito gostoso. Meu marido agora está viajando a trabalho e só volta depois de 30 dias. Agora eu e a empregada nos divertimos muito a sós. A gente se chupa todos os dias e estamos a fim de curtir uma transa legal com outro homem, sem que meu marido saiba.

Enviado por Leitores - Eu, meu marido e a empregada


Demorou bastante, mas nesse final de semana, convenci ela se exibir e se masturbar na web cam para outros caras.
Entramos na twiticam e no batepapo uol,
Eu ajudei ela a se exibir, comprei um vibrador pra ela enfiar na xota e se masturbar, e além dissso, ajudava ela a abrir a buceta pra mostrar pra eles e manipulava a web cam para ajustar os melhores angulos. 
Ela ficou muito molhada, e ela só queria roludos. 
Ela fez 2 caras gozarem, gozaram muito, feito cavalos.
Depois de tudo coloquei ela pra sentar no meu pau e pedi pra ela imaginar sentando na rola deles, ela gozou em menos de 5 minutos.

O problema foi no final, que ela ficou com uma sensação de culpa e arrependimento.
Como ajudar ela a se livrar dessa sensação de culpa?
Ela disse que tinha medo disso 'sair do controle" 
o que isso significa?

Enviado por Leitores - Convenci minha noiva a se exibir na webcam para outros.


Olá tudo bem me chamo Juliana mas pode me chamar de Tete Aquino tenho 30 anos, sou morena, corpo bem tornado, bumbum bem lisinho e médio, me cuido o máximo para deixar meu corpo em dia, por isso aonde passo não querendo me gabar chamo a atenção quando passo. Desde nova sempre chamei atenção quando passava principalmente no bairro aonde morava com meus pais, alguns meninos assobiavam eu gostava, mas já meus pais não eles sempre me chamavam a atenção perante a isso e diziam que não era para mim dar bola para eles. Quando eu era criança ouvia gemidos vindo do quarto da minha mãe, naquela época ficava na curiosidade eu não tinha coragem de espia-los, quando completei 14 anos fui descobrir o porquê do gemido e muito mais. Um ano depois com 15 anos descobri algo alucinante do meus pais que eles curtem swing e ménage, um amigo da escola estava espalhando pela escola dizendo que meus pais davam a maior festa, na mesma hora fui tirar satisfação com ele questionando-o ele sobre o assunto, mas meu amigo jurou dizendo que era verdade e que poderia provar. Era numa sexta quando descobri o que meus pais faziam era o dia que eu não estava em casa pois toda sexta eu ia para a fazenda dos meus tios. Naquele dia a caminho da rodoviária liguei para meus tios dizendo que perdi o ônibus que iria pegar o próximo, mas na verdade era mentira o que eu queria mesmo era saber o que meus pais faziam quando eu não estava em casa. Era 19 horas quando encontrei meu amigo uma quadra da minha casa e fomos até a minha casa. Estava rolando a maior festa, eu eu meu amigo entramos pelo portão dos fundos quando cheguei na cozinha a surpresa a minha mãe sentada no colo de um negão já meu pai estava chupando outra mulher. Eu e meu amigo saímos dali e disse para ele não disser nada para ninguém afinal ele jamais iria disser por que os pais deles também estavam na festa e a mulher que meu pai estava chupando era a mãe dele. Isso até hoje é nosso segredo. Aquela cena que vi na casa dos meus pais jamais saíram da minha cabeça o que eu queria mesmo era ser aquela mulher que estava com meu pai, mas isso não passava de uma ilusão e de um sonho, mas o que queria era ser desejada por eles pela minha mãe e meu pai. Quando casei deixei claro com meu marido que queria ser adapta ao swing ele na hora concordou tanto que somos até hoje. Já saímos com vários casais. Porem eu queria mais, queria algo proibido como em alguns relatos que escrevi aqui sempre deixei claro que queria é transar com meus pais, queria é quebrar esse tabu queria ser mais uma mulher que tanta que eles saem. Depois de tempos pensando decidi colocar meu plano em pratica eu estava disposta a ser mulher dos meus pais.
Minha mãe e uma cinquentona e meu pai também, mas ambos não parece ter essa idade, minha mãe e morena tem um bumbum lisinho e seios meios, porem ela é professora de educação física e por isso sempre manteve o corpo bem definido, já meu pai é um cinquentão de tirar o folego da 10 a 0 em muito homens por aí, corpo bem definido, coxas grossas apesar da idade ele ainda faz a academia como qualquer outro homem de 25 anos.
Era novembro de 2016 dia 05 mais preciso meu marido fui viajar a negócios e eu para não ficar sozinha decidi passar alguns dias com meus pais, mas na verdade queria mesmo era colocar meu plano em pratica. Eu já estava estalada no quarto de hospedes, meu pai estava na varada assando carne já minha mãe e eu estávamos na cozinha arrumando as coisas para fazer almoço quando decidi puxar o assunto
- Mãe como a senhora e o pai fazer para ter tanta Harmonia e tanto fogo assim.
- Afilha respeito, educação e uma pitada de safadeza. Olhei para minha mãe e sorri no mesmo embalo falei:
- Eu pensei em fazer algo diferente para apimentar nossa relação, tipo conhecer algumas pessoas, esses tipos de coisas. A minha mãe na hora ficou muda não falou mais nada e saiu dali indo em direção ao banheiro ao mesmo tempo pude perceber que ela se sentiu incomodada. Minutos depois ela voltou para a cozinha e perguntei:
- Falei algo mãe que a senhora não gostou.
- Não filha, nada não.
- Mãe vou tomar um banho antes de almoçarmos. Saindo dali resolvi ser mais ousada, como estava apenas nos em casa resolvi então provocar os dois. Fui no quarto peguei uma saia preta que tenho e uma blusa branca, mas calcinha não peguei e nem toalha, chegando no banheiro deixei a cortina do box do banheiro aberta e a porta do banheiro também. Eu nesse momento tomava banho bem tranquila quando meu pai passou na porta, antes de tudo o banheiro fica no quarto do meus pais então você imagina. Meu pai foi no guarda roupa pegar uma camisa, quando ele voltou, entrou no banheiro e para sua surpresa eu estava nua.
- O pai tudo bem. Meu pai não falou nada, mas seus olhos me comiam de prazer e desejo, ele então lavou as suas mãos e saiu dali mas saiu ajeitando seu pau na bermuda que estava. Saindo do banheiro chamei minha mãe e logo ela apareceu, quando ela me viu tinha que ver a cara dela me olhou de cima a baixo me observou cada detalhe do meu corpo então para descontrai disse:
- Que foi, mãe sou bonita né. A minha mãe olhando para mim com seus olhos diferentes, não como filha, mas sim como estivesse louca para me ter.
- Sim filha você cresceu e se tornou um mulherão. Isso que ela falou caiu feito uma luva era tudo que eu queria um sinal faltava apenas um empurrão. Coloquei a saia sem calcinha e coloquei a blusa branca e fui aonde meu pai estava assando carne. Peguei uma cadeira e sentei na frente do meu pai para que ele pudesse ver que eu estava sem calcinha. Tomando cerveja eu e meu pai e ele não parava de olhar para a minhas pernas então resolvi abrir as minhas pernas para que ele pudesse ver minha buceta. Meu pai nesse momento estava olhando a carne minutos depois sentou na cadeira e olhou para as minhas pernas, pude ver sua cara de espanto e seu suor. Para provocar ainda mais abri mais a minhas pernas e seus olhos regalados olhavam firmemente no meio das minhas pernas.
- Que foi pai você está suando.
- Nada filha. Nesse momento pensei em muito coisa eu estava destinada e transar com meu pai e nesse momento era tudo ou nada. Nesse momento ele levantava da cadeira para ver a carne que estava assando quando falei:
- Gostou do viu pai interessante né. Meu pai nesse momento olhou para mim e disse:
- Muito interessante. Meu pai nesse momento saiu dali e foi até a cozinha até aonde estava a minha mãe. Eu com essa situação estava pegando fogo minha bucetinha estava ensopada com a cena que tinha acontecido. Meu pai logo retornou tirou a carne e levou até cozinha. Já fazia dez minutos que meu pai e minha mãe não apareciam então falei:
- O almoço está pronto. Logo meu pai apareceu sem camisa e só de cueca e pegou no colo me levando até o quarto deles nesse tempo perguntei:
- Nós não vamos almoçar 
- Vamos sim. Chegando no quarto meu pai me largou na cama e foi fechando a porta, olhei para o lado estava minha mãe totalmente nua. Minha mãe então falou.
- Você juliana tem um corpo lindo isso nós achamos mas não vou mentir para você, nós sempre achamos você linda quando você completou 18 anos pensamos várias vezes em iniciar você no ménage mas tínhamos medo, seu pai e eu já vimos você várias vezes tocando siririca e fazendo sexo com seus namoradinhos isso sempre deixou nós muito doidos, eu e seu pai somos adeptos ao swing e ao ménage o que acha de fazer um ménage conosco ou melhor um incesto sem piedade sem restrição e tenho certeza que é isso que você quer não é, por que se não for fica pergunta o por que você não está usando calcinha. Nesse momento meu pai não parava de alisar seu pau. Já eu não parava de imaginar mil coisas com meus pais e eu não conseguia acreditar que estava sendo desejada pelos meus pais. Levantando da cama me dirigi até meu pai e fiquei na sua frente olhei firmemente para meu pai e com uma das minhas mãos assegurei o pau do meu pai seus olhos logo se encheram de alegria então respondi:
- Sem piedade com total sigilo mãe.
- Sim filha sem piedade e total sigilo por que isso é incesto. 
- E a senhora já fez mãe?
- Sim filha com seu primo. Nesse momento me aproximei mais do meu pai e sem pensar dei um beijo nele e disse:
- Se meu pai for fazer com tudo que tem direito e sem frescura por que não.
Nesse momento foi o sinal verde para meus pais. Meu pai retribuiu o beijo e com uma das suas mãos levantou a minha saia passando a mão na minha bucetinha porem percebi alguém atrás de mim era a minha mãe tirando a minha saia e ao mesmo tempo beija a minha bunda. Meu pai beijava meu pescoço feito doido louco para me possuir, logo suas mãos apertavam meus seios, me distanciei dele e tirei a minha blusa branca e com um dos seus braços me puxou logo começou a chapa-los, sinceramente ele achou meu ponto fraco e eu já não respondia mais pelos meus extintos estava tomada por um tesão inacreditável e incontrolável. 
- Chupa pai meu seio chupa pai. Minutos depois meu pai parou de chupar e minha mãe me colocou na cama e abrindo as minhas pernas e meu pai logo tirou a sua cueca quando olhei pude ver a bela ferramenta que ele escondia uma ferramenta de 19 cm grosso de puro tesão. A minha mãe começou a chupar a minha buceta e eu comecei a chupar o pau do meu pai não demorou muito para aquele pau ficar duro, entretanto mudamos de posição meu pai foi chupar minha buceta e minha mãe começou a me beijar freneticamente passando a mão nos meus seios. Minutos depois resolvi dar as rédeas no momento mandei meu pai deitar na cama e eu minha mãe começamos a chupar o seu pau ele vibrava de tesão e não acreditada que nós estávamos fazendo isso. Eu não aguentava mais de tanto tesão minha bucetinha estava pegando fogo, depois de chuparmos o belo pau meu pai ele falou:
- Deitada filinha. Isso me deu mais tesão ainda, nesse momento minha mãe sentou em um sofá que tem no quarto deles então perguntei:
- O que foi mãe a senhora não vai participar.
- Nesse momento filha vou apenas assistir depois participo afinal temos o dia todo e a noite também.
Eu deitada na cama de pernas bem abertas esperando o que estava por vim logo meu pai parou entre as minhas pernas e disse:
- Você concordou que seria sem limites filha tem certeza. Nesse momento ele se ajeitava o seu corpo e com seu pau na entrada da minha bucetinha com umas das suas mãos ele assegurava uma camisinha então falei:
- Eu disse que era sem limites. Meu pai então jogou a camisinha para o chão, com uma das suas mãos assegurou a minha mãe e com a outra ajeitou o seu pau na entrada da minha bucetinha então olhou para mim e me abraçando colocou de uma só vez seu pau na minha bucetinha, foi uma sensação incrível, seu pau é tão bom que me completava por inteira e eu não conseguia acreditar que estava sendo comida pelo meu pai. Todo aquele pau de 19 cm dentro da minha buceta, suas estocadas começaram aumentavam e ao mesmo tempo ele diminuía, mas não tirava nem um cm daquele pau para fora afinal eu nem queria que ele tirasse. Nesse momento ele me beijava e fodia minha buceta forte sem dó e sem piedade, isso me levava a loucura.
- Isso pai fode a bucetinha da sua filha fode. O que falei no seu ouvido deu mais tesão ainda nele. Já a minha mãe apenas assistia e ao mesmo tempo alisa sua buceta. Minutos depois eu e meu pai mudamos de posição eu deitei em uma pilha de almofadas de bunda para cima e logo meu pai veio por cima e fodia forte de tanto tesão eu mordia lençol que estava na cama, meu pai colocou seu pescoço no lado do meu e se intensificou suas estocadas num vai e vem delicioso seu pau todo dentro de mim tinha deixado de ser um sonho e se tronou real e aquela bela ferramenta invadindo lugares que poucos conseguiam.
- Esperei muito tempo filinha para comer você assim, nem seu marido não faz isso. Dizia meu pai. Além disso pensei comigo meu marido jamais tinha feito isso. Foi uma cena incrível eu deitada de bunda para cima e meu pai por cima me comendo eu não queria que acabasse aquele momento. Meu pai então saiu de cima de mim e deitou na cama e disse:
- Vem filha... vem... Antes de subir para cima dei mais umas chupadas naquele pau lindo eu minutos depois me ajeitei e fui sentando naquele pau bem devagarinho foi um momento incrível ao sentir aquele pau entrando na minha buceta bem devagarinho com aquele pau todo dentro de mim comecei a movimentar meu quadril bem devagar eu estava toda arrepiada, meus seios durinhos cada vez mais, logo intensifiquei os movimentos ficamos assim por alguns minutos. Porem percebi que seu pau logo ficou mais duro ainda parecendo que iria gozar então sai de cima meu pai não intendeu o porquê. Me encostei na parede e passando a mãe na minha buceta disse:
- Quero que você termine aqui. Ele se aproximou de mim e pegou pela cintura e colocando seu pau na minha buceta e eu cruzando as minhas pernas atrás das costas do meu pai já os meus braços transavam ele pelo pescoço e olhando firmemente para ele.
- Fode minha buceta papai, fode... 
Isso deu mais gás a ele e o ritmo e as estocadas aumentaram e mesma sensação voltou seu pau inchou novamente parecendo que iria gozar então dei um beijo nele abraçando-o forte. Meu pai aumentou a estocadas me pressionando mais na parede quando veio as últimas estocadas, não demorou muito um jato de porra invadi-o minha buceta.
- Toma filha toma.
Nesse momento o beijava e aproveitada todo o momento aquele leite delicioso na minha buceta e aquela vara atolada até o fundo na minha bucetinha. Ficamos ali por alguns minutos eu não queria sair dali. 
Então na cama e deitados na cama eu minha mãe e meu pai por algumas horas conversando então pensei comigo só faltava a minha mãe queria é transar com ela então disse:
- Quero a senhora Mãe.
- Te acalma menina a noite é uma criança. Porem eu mexendo o pau do meu pai e decidimos tomar banho nos três. No banheiro comecei a ensaboar o pau do meu pai que logo ficou duro, ele me beijando começou a passar a mão na minha bucetinha novamente então virou eu de costas e disse:
- Quero a sua bundinha. Mas isso é outra história que vou contar aqui em breve aguarde pois passei vários dias com eles.

Enviado por Leitores - Sexo proibido